07 Ago 2022
Mãe da nossa vida

No domingo 3 de Setembro de 1978, no início solene do eu pontificado, que só duraria 33 dias, disse João Paulo I:

"Que todos, aqui, grandes e pequenos, fiquem certos da Nossa disponibilidade para os servir, segundo o Espírito do Senhor!

Circundado pelo vosso amor e amparado pela vossa oração, iniciamos o Nosso serviço apostólico, invocando como estrela esplendorosa da Nossa caminhada a Mãe de Deus, Maria, "Salus Populi Romani (salvação do povo romano)" e "(Mater Ecclesiae (Mãe da Igreja)", que a Liturgia venera de modo particular neste mês de Setembro. A Virgem Santíssima, que guiou com delicada ternura a Nossa vida de criança, de seminarista, de sacerdote e de Bispo continue a iluminar e a dirigir os Nossos passos, para que, feito voz de Pedro, com os olhos e a mente fixos no seu Filho, Jesus, proclamemos no mundo, com jubilosa firmeza, a Nossa profissão de fé: Tu és o Cristo. o Filho de Deus vivo, (Mt 16, 16)". Ámen!