VIVER A QUARESMA: CONFISSÃO, TRABALHO E TESTEMUNHO – 3°PARTE

Resultado de imagem para sacramento da confissão

A quaresma é um tempo precioso de renovação espiritual, purificação, cura e libertação. O importante é deixar-se guiar pelo Espírito Santo, com o desejo de viver estes conselhos. Deus quer falar ao seu coração. Leia todos os 7 conselhos (eles estão nos posts anteriores), dê a sua opinião e compartilhe com seus amigos. BOA QUARESMA!

5° SACRAMENTO DA CONFISSÃO

Quantos católicos, pelos motivos mais diversos, tem dificuldade de entender o valor e a necessidade do sacramento da confissão-reconciliação. Alguns acham ser este sacramento desnecessário, fora de moda. Porém, é através do sacramento da confissão que Jesus continua a dar a quem vai a Ele o perdão dos pecados, devolvendo a certeza do amor de Deus e a força para não mais pecar. E Ele quis fazer isso através daqueles a quem deu o poder de agirem em Seu nome, os ministros da Igreja (os padres): “Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos.”(Jo 20,23). A conversão desejada por Jesus não é somente voltar para a Igreja. Isso é importante, mas o essencial da conversão é a mudança de mentalidade, coração e atitudes. Significa viver aquilo que afirmamos crer. Movidos pelo Espírito Santo, somos atraídos ao estilo de vida do evangelho, abandonando tudo o que entristece a Deus. Papa Francisco aconselha: “Coloquemos novamente em destaque com convicção o sacramento da Reconciliação, porque permite tocar com a mão a grandeza da misericórdia. Será para cada penitente fonte de verdadeira paz interior.”. Uma boa confissão se prepara com oração pedindo a luz do Espírito Santo e fazendo um exame de consciência, isto é, refletir sobre aquilo que nos tenha afastado de Deus.

6° A SANTIFICAÇÃO DO TRABALHO

Para as pessoas de modo geral o trabalho é simplesmente um meio para buscar o sustento. Neste sentido o objetivo principal é o pagamento no final do mês. O trabalho tem estas duas dimensões, porém, para o cristão existe algo a mais, conforme Col 3,17 “Tudo quanto fizerdes, por palavra ou por obra, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.” Quando o trabalho é importante parte de uma vida santificada, torna-se canal para tornar presente Deus no mundo. O trabalho bem feito manifesta a consciência de sermos representantes de Deus e colaboradores na construção da civilização do amor. O trabalho feito somente por obrigação, com omissão ou interesse não reflete o efeito da verdadeira oração. A oração do coração, guiada pelo Espírito Santo nos da consciência de que todas as nossas atividades ou trabalhos são oportunidade para dar testemunho da nossa fé. Para Deus não importa se o trabalho é caseiro, simples ou se é de grande responsabilidade e exige capacitação especial. Vale entender serem a oração e o trabalho parceiros espirituais. Rezar bem significa também levar a presença de Deus para o trabalho. E assim se realiza a benção de Prov 16,3 “Confia teus negócios ao Senhor e teus planos terão bom êxito.”

 ANUNCIAR JESUS

 Quem se revestiu da roupa do homem novo, lavado no sangue de Jesus e esta cheio do Espírito Santo, não é capaz de guardar somente para si tão grande graça. O maior serviço que prestamos a Deus e ao próximo é o de apresentar Jesus para quem esta distante. Não se trata de um simples convite para a pessoa vir a Igreja, mas primeiro testemunhar – falar da obra de Jesus na própria vida. Isso para fazer com que a pessoa entenda que estamos anunciando que Jesus esta vivo. Por isso, é necessário falar como era a vida antes de encontrar Jesus, e como é agora. Este foi o caminho seguido por São Paulo diante do rei Agripa: perseguia os cristãos, aprovava quando sentenciados à morte, maltratava-os…. Um dia tudo mudou. Na estrada de Damasco, indo para mais uma missão contra os cristãos, São Paulo ouve uma voz: “Saulo, Saulo, por que me persegues?” (Atos 26,14). Ao perguntar quem era ” o Senhor respondeu: “Eu sou Jesus a quem persegues.”(Atos 26,15). São Paulo se converte, fica cheio do Espírito Santo(Atos 9,17-19) e começa imediatamente a anunciar Jesus. Não devemos ter medo de dizer: “Jesus mudou a minha vida, e Ele quer também mudar a sua vida.”. Se a pessoa aceitar, faça uma oração por ela, com estas ou outras palavras: ” Jesus eu te apresento……..quero pedir que o Espírito Santo renove a sua vida.” Faça um instante de silêncio. Junto com a pessoa reze: ” Senhor Jesus, eu necessito de ti, arrependo-me dos meus pecados, quero começar uma vida nova, eu te aceito como meu Senhor e Salvador.” E aí é o momento de convidá-lo para ir a Igreja, apresentá-lo ao padre e ajudá-lo a crescer na fé.

Oração para a Quaresma

Pai nosso,
que estais no Céu,
durante esta época
de arrependimento,
tende misericórdia de nós.

Com nossa oração,
nosso jejum
e nossas boas obras,
transformai
o nosso egoísmo
em generosidade.

Abri nossos corações
à vossa Palavra,
curai as nossas feridas do pecado,
ajudai-nos a fazer o bem neste mundo.

Que transformemos a escuridão
e a dor em vida e alegria.
Concedei-nos estas coisas
por Nosso Senhor Jesus Cristo.
Amém

 

Share Button

VIVER A QUARESMA: MISSA E MISERICÓRDIA

7 CONSELHOS SIMPLES PARA VIVER A QUARESMA – 2° PARTE

Resultado de imagem para missa

 

3° MISSA DIÁRIA E COMUNHÃO

Este propósito nem sempre é possível a todos. Neste caso, como exceção, existe a possibilidade de ler com o coração as leituras da missa, meditá-las e fazer a oração de comunhão espiritual. Porém, se podemos, nada substitui a presença física na missa celebrada em uma igreja. O preceito da missa dominical é fundamental na vida de todo católico. A missa diária é o alimento da fé prolongado por toda a semana. Em certa ocasião, Santa Teresa de Ávila perguntou a Nosso Senhor: “Senhor meu, como posso te agradecer? Jesus respondeu: ‘’ASSISTA A UMA MISSA”. Temos que ir à missa como o enfermo vai ao médico. Então receberemos o melhor dos tratamentos. O Dr. Jesus diz em Jo 6,56: “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.”

 4° PRÁTICA DA MISERICÓRDIA, RECONCILIAÇÃO…

Se existe uma pessoa com quem você tem dificuldade de relacionamento, causado por você ou pela outra pessoa, a quaresma é o momento de cura e libertação mais propício para exercer o perdão. Nem sempre a outra pessoa aceitará, mas o nosso coração não pode cultivar e manter o sentimento negativo do ressentimento. Nestes casos o conselho de Jesus é: “amai vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos [maltratam e] perseguem.”(Mt 5,44). Se a responsabilidade é nossa: “Se estás, portanto, para fazer a tua oferta diante do altar e te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa lá a tua oferta diante do altar e vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; só então vem fazer a tua oferta.” (Mt 5,23-24). O cristão cheio do Espírito Santo resgata almas, por maiores que tenham sido os erros de uma pessoa. Se Jesus não tivesse perdoado a mulher pecadora, ela seria humilhada, ao invés de ser restaurada pela compaixão de Jesus. (Jo 8). E se o nosso passado nos entristece, lembremos do remédio de Deus, nas palavras do Sl 102,9-11: “Ele não está sempre a repreender, nem eterno é o seu ressentimento. Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos castiga em proporção de nossas faltas, porque tanto os céus distam da terra quanto sua misericórdia é grande para os que o temem;”.

Oração para a Quaresma

Pai nosso,
que estais no Céu,
durante esta época
de arrependimento,
tende misericórdia de nós.

Com nossa oração,
nosso jejum
e nossas boas obras,
transformai
o nosso egoísmo
em generosidade.

Abri nossos corações
à vossa Palavra,
curai as nossas feridas do pecado,
ajudai-nos a fazer o bem neste mundo.

Que transformemos a escuridão
e a dor em vida e alegria.
Concedei-nos estas coisas
por Nosso Senhor Jesus Cristo.
Amém

 

Share Button

7 CONSELHOS SIMPLES PARA VIVER A QUARESMA

Resultado de imagem para ORAÇÃO E pALAVRA DE dEUS

A cada dia estarei postando novos conselhos para enriquecer a prática espiritual deste tempo tão forte do amor de Deus: a Quaresma.

 1° ORAÇÃO

Hoje em dia a vida se desenvolve em um ritmo alucinante. Estamos demasiados ocupados com tanta coisa, e então dizemos: não tenho tempo. Santa Teresa de Ávila nos ensina: “oração é um trato de amizade com Deus… Se Deus me escuta, eu também devo escutar a Deus”. A quaresma é tempo para reaprender a viver na presença de Deus. A nossa vida somente será uma oração, se o dia começa com o encontro pessoal com Deus. E aí dizemos, como o jovem Samuel: “Fala, Senhor, teu servo escuta.”. A melhor forma para ter tempo para rezar é começando a rezar. Não importa onde, como, quanto tempo. É necessário começar do jeito que podemos, como nos ensina Jesus em Lc 18,1: “é necessário orar sempre sem jamais deixar de fazê-lo.”. Nesta caminhada de crescimento espiritual também ajuda redescobrir a força da visita semanal ao Santíssimo Sacramento. Significa entrar em uma igreja e ficar um tempo diante do sacrário ou do Santíssimo exposto no altar.

2° PALAVRA DE DEUS

A fé é despertada pelo meio mais simples, e pouco entendido por muitos: ler, meditar, ouvir e viver a Palavra de Deus. Ela nos leva seguir o chamado de Deus. Abraão partiu depois de ouvir a voz de Deus (Gn 12,1ss; Hbr 11,8), assim começou a história da salvação, tornando-se nosso pai na fé. Um dos problemas da vida espiritual mais sérios esta em não entender as palavras de Tiago 1,22-24: “Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos.Aquele que escuta a palavra sem a realizar assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu:contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era.”. Depois de ler é necessário dizer: “Ensina-me a entender Tua Palavra, quero praticá-la hoje.”. Através das leituras diárias da missa, unidos à Igreja, podemos fazer a nossa meditação pessoal da Palavra. Durante o dia recorde a Palavra lida. Depois da missa ou de uma pregação, durante a semana, pergunte: O que Deus falou pelas leituras, homilia da missa ou pelas pregações do encontro? Tenha um diário espiritual para anotar as inspirações de Deus vindas pelo ouvir a Palavra.

autor: Padre Alberto Gambarini

Oração para a Quaresma

Pai nosso,
que estais no Céu,
durante esta época
de arrependimento,
tende misericórdia de nós.

Com nossa oração,
nosso jejum
e nossas boas obras,
transformai
o nosso egoísmo
em generosidade.

Abri nossos corações
à vossa Palavra,
curai as nossas feridas do pecado,
ajudai-nos a fazer o bem neste mundo.

Que transformemos a escuridão
e a dor em vida e alegria.
Concedei-nos estas coisas
por Nosso Senhor Jesus Cristo.
Amém

Share Button

MINUTO DA QUARESMA – QUARTA-FEIRA DE CINZAS

Resultado de imagem para 4°FEIRA DE CINZAS

O tempo da Quaresma tem a sua porta de entrada na 4°feira de cinzas. Por meio desta missa nos é dado o significado deste tempo litúrgico tão importante.

As cinzas recordam como fomos criados por Deus: “o Senhor Deus modelou o homem  com pó apanhado do solo…”(Gn 2,7 -TEB). Quando o sacerdote impõe as cinzas diz: “Lembra-te que és pó e ao pó voltarás.”. Somos criaturas e não Criador, precisamos de Deus.

As cinzas também são o símbolo visível de que, com o auxílio de Deus, queremos iniciar, continuar ou renovar um caminho de conversão. Isso nos faz recordar o envio do profeta Jonas para pregar a Palavra de Deus à Nínive, e chamar o povo à conversão (ver Jon 3,5-10). Por isso, que na imposição das cinzas, alternativamente, se diz: “Convertei-vos, e crede no evangelho.”

O tempo da quaresma é tempo de graça, renovação espiritual, de transformação de vida.

Na primeira leitura deste dia, Deus nos diz: “Rasgai vossos corações e não vossas vestes; voltai ao Senhor, vosso Deus…” (Joel 2,13). O coração é o símbolo do centro das nossas emoções. Deus quer o controle de nossa mente, nosso coração, nossa sexualidade, nossas finanças, nossos relacionamentos, nosso passado e nosso futuro. Ele quer isso não para a escravidão, mas para a nossa liberdade, e é através desta conversão da vida que, através da sua graça, alcançamos essa verdadeira liberdade. Se em nós habita o amor de Deus, então vem a segunda dimensão, amar ao próximo. Significa ser capaz de não rejeitar ninguém, mas com o mesmo amor, com que somos amados por Deus, sempre buscar reintegrar, jamais rejeitar a ninguém. “Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por Ele.”(Jo 3,17)

Para iluminar este caminho de conversão é importante ter bem presente: sem rezar e escutar com atenção a Palavra de Deus não é possível a conversão e nem a comunhão com Deus.

PROPÓSITO:

Nesta quaresma ler com o coração todos os dias as leituras próprias da missa do dia. Durante o dia relembrar a leitura, pedindo ao Espírito Santo a graça de viver o que foi rezado. No final do dia, reler as leituras, fazendo um exame de consciência (relembre as coisas boas praticadas, reconheça erros, e tenha o propósito de corrigi-las). Tenha um diário espiritual para anotar a sua caminhada da cada dia.

Oração para a Quaresma

Pai nosso,
que estais no Céu,
durante esta época
de arrependimento,
tende misericórdia de nós.

Com nossa oração,
nosso jejum
e nossas boas obras,
transformai
o nosso egoísmo
em generosidade.

Abri nossos corações
à vossa Palavra,
curai as nossas feridas do pecado,
ajudai-nos a fazer o bem neste mundo.

Que transformemos a escuridão
e a dor em vida e alegria.
Concedei-nos estas coisas
por Nosso Senhor Jesus Cristo.
Amém

 

 

Share Button